Seguidores

ATUALIZAÇÕES

Copyright 2008 © Blog Oficial - Ministério Geração de Davi - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © All Rights Reserved.

"Toda a glória seja dada ao nosso Deus"



19 de janeiro de 2010

Qual a sua motivação em servir a Deus?


Texto base: João 6:1-71

Ao ler esse texto me parece que Jesus queria ajustar em seus discípulos uma possível motivação errada em servir a Deus, uma possível má compreensão sobre o que é o evangelho.

O capítulo 6 do livro de João começa relatando que uma multidão seguia a Jesus, e que o seguia porque haviam visto muitos sinais, curas e prodígios feito por Ele. E ao ver aquela enorme quantidade de gente, Jesus compadecido deles, os fez sentar para que todos pudessem se alimentar, e outro vez realizou Jesus um milagre diante daquelas pessoas, multiplicando pães e peixes.

No outro dia lá estava aquelas pessoas prontas para acompanharem Jesus. Mas o Senhor que sonda as motivações dos corações lhes disse:

" Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes" João 6:26

E logo em seguida começa um discurso duríssimo para todos que ali estavão presentes, inclusive os apóstolos. Jesus disse que o que de fato eles tinham que buscar era Ele próprio, o verdadeiro alimento, o pão da vida. "Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim" João 6:57

Irmãos Jesus não questionou o povo porque eles buscavam a Ele para suprirem uma necessidade, porque eles buscavam uma cura, uma provisão, ou porque buscavam uma bênção dEle, afinal Deus é galardoador dos que o buscam (Hb.11:6), mas pelo fato de ser essa a única razão que os faziam busca-lo. Eles não queriam Deus. eles queriam antes de tudo satisfazer as suas necessidades. Eles não queriam viver o evangelho a qualquer custo, queriam melhorar de vida. Essas coisas por si só não são erradas, amenos que elas sejam a única motivação em buscar a Deus, e era justamente esse o caso daquela multidão. Por mais que essa esteja sendo a tônica de muitas pregações, " Venha para Jesus e seus problemas acabarão! Venha e pare de sofrer! Receba sua bênção e sua vitória! ... Esse não é o evangelho bíblico. Antes o evangelho pregado por Jesus é esse: "E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Lc. 9:23
"E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo." Lc. 14:27

Não estou aqui querendo dizer que seja errado pregar que Jesus ainda cura nos dias de hoje, que Ele é um Deus provedor, que Ele pode nos abençoar financeiramente, entre tantas outras coisas, até porque todas essas coisas são verdade, não há impossíveis para Ele, mas estou querendo reforçar, que devemos busca-lo e servi-lo, independente dessas coisas acontecerem conosco. É como se Jesus quisesse dizer para aquela multidão: Quando não houver multiplicação de pães, nem curas, sinais, prodígios. E aí? Ainda vão querer me servir?

... Esse discurso foi duro demais para a maioria dos que estavam presentes ali (João 6:66) e abandonaram a Jesus. E Jesus olhando para os doze disse: "Quereis vós também retirai-vos" (João 6:67) e finalmente ouviu deles o que Ele espera ouvir de todo aquele que deseja servi-lo por amor: "Para quem iremos nós? tu tens as palavras de vida eterna." (João 6:68)

Você já imaginou se Jesus fizesse a seguinte pergunta para essa geração de crentes, de cristãos: Você estaria disposto a padecer por amor ao evangelho? Você sofreria por defender o meu nome?

Se Jesus perguntasse a VOCÊ qual seria a sua resposta?

Certamente não é algo fácil de responder, mas é tempo de julgarmos as nossas motivações.

De fato o que me faz querer "ganhar" almas para Jesus, o simples desejo de ver o reino crescendo ou o interesse em prestar um relatório que aponte o meu "sucesso"? o que me faz entregar os dízimos e as ofertas, o desejo sincero de contribuir com a obra de Deus e a ver crescendo ou a vontade de ser abençoado financeiramente? o me faz ir aos cultos, o desejo de buscar e adorar a Deus ou por mera religião? O que me move a está em algum ministério, o desejo de cumprir o chamado ou a vontade de se destacar e ser conhecido? Não caiamos no mesmo erro daquela multidão, que queriam servir a Jesus, não por aquilo que Ele é, mas por aquilo que Ele podia dá.

A nossa maior necessidade não é do "pão" que perece, (bens materiais, cura física, fama, etc...) mas do verdadeiro alimento: JESUS O PÃO DA VIDA.

Por tanto olhemos para dentro de nós e vejamos o que nos move de fato a servir a Deus, porque Ele certamente já conhece as nossas intenções.



No amor do Pai,

Marcos Paulo Correia. (Líder e guitarrista do GD)

0 FAÇA SEU COMENTÁRIO!:

Postar um comentário

União de Blogueiros Evangélicos

ATUALIZAÇÕES


NA BARRA DE VÍDEO UMA PALAVRA DO PASTOR PAUL WASHER: " JESUS CRISTO É TUDO" . NÃO DEIXEM DE CONFERIR.


NÃO DEIXEM DE CONFERIR O LINK PARA REFLETIR. CONFIRA MAIS ESSA NOVIDADE NO BLOG DO GD.


Confiram em Agenda do GD. Os dias e horários do 11º Congresso de Adoração.

Fotos do Congresso em Diário do GD. Não deixem de conferir.

Qual a sua motivação em servir a Deus?

| |


Texto base: João 6:1-71

Ao ler esse texto me parece que Jesus queria ajustar em seus discípulos uma possível motivação errada em servir a Deus, uma possível má compreensão sobre o que é o evangelho.

O capítulo 6 do livro de João começa relatando que uma multidão seguia a Jesus, e que o seguia porque haviam visto muitos sinais, curas e prodígios feito por Ele. E ao ver aquela enorme quantidade de gente, Jesus compadecido deles, os fez sentar para que todos pudessem se alimentar, e outro vez realizou Jesus um milagre diante daquelas pessoas, multiplicando pães e peixes.

No outro dia lá estava aquelas pessoas prontas para acompanharem Jesus. Mas o Senhor que sonda as motivações dos corações lhes disse:

" Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes" João 6:26

E logo em seguida começa um discurso duríssimo para todos que ali estavão presentes, inclusive os apóstolos. Jesus disse que o que de fato eles tinham que buscar era Ele próprio, o verdadeiro alimento, o pão da vida. "Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim" João 6:57

Irmãos Jesus não questionou o povo porque eles buscavam a Ele para suprirem uma necessidade, porque eles buscavam uma cura, uma provisão, ou porque buscavam uma bênção dEle, afinal Deus é galardoador dos que o buscam (Hb.11:6), mas pelo fato de ser essa a única razão que os faziam busca-lo. Eles não queriam Deus. eles queriam antes de tudo satisfazer as suas necessidades. Eles não queriam viver o evangelho a qualquer custo, queriam melhorar de vida. Essas coisas por si só não são erradas, amenos que elas sejam a única motivação em buscar a Deus, e era justamente esse o caso daquela multidão. Por mais que essa esteja sendo a tônica de muitas pregações, " Venha para Jesus e seus problemas acabarão! Venha e pare de sofrer! Receba sua bênção e sua vitória! ... Esse não é o evangelho bíblico. Antes o evangelho pregado por Jesus é esse: "E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Lc. 9:23
"E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo." Lc. 14:27

Não estou aqui querendo dizer que seja errado pregar que Jesus ainda cura nos dias de hoje, que Ele é um Deus provedor, que Ele pode nos abençoar financeiramente, entre tantas outras coisas, até porque todas essas coisas são verdade, não há impossíveis para Ele, mas estou querendo reforçar, que devemos busca-lo e servi-lo, independente dessas coisas acontecerem conosco. É como se Jesus quisesse dizer para aquela multidão: Quando não houver multiplicação de pães, nem curas, sinais, prodígios. E aí? Ainda vão querer me servir?

... Esse discurso foi duro demais para a maioria dos que estavam presentes ali (João 6:66) e abandonaram a Jesus. E Jesus olhando para os doze disse: "Quereis vós também retirai-vos" (João 6:67) e finalmente ouviu deles o que Ele espera ouvir de todo aquele que deseja servi-lo por amor: "Para quem iremos nós? tu tens as palavras de vida eterna." (João 6:68)

Você já imaginou se Jesus fizesse a seguinte pergunta para essa geração de crentes, de cristãos: Você estaria disposto a padecer por amor ao evangelho? Você sofreria por defender o meu nome?

Se Jesus perguntasse a VOCÊ qual seria a sua resposta?

Certamente não é algo fácil de responder, mas é tempo de julgarmos as nossas motivações.

De fato o que me faz querer "ganhar" almas para Jesus, o simples desejo de ver o reino crescendo ou o interesse em prestar um relatório que aponte o meu "sucesso"? o que me faz entregar os dízimos e as ofertas, o desejo sincero de contribuir com a obra de Deus e a ver crescendo ou a vontade de ser abençoado financeiramente? o me faz ir aos cultos, o desejo de buscar e adorar a Deus ou por mera religião? O que me move a está em algum ministério, o desejo de cumprir o chamado ou a vontade de se destacar e ser conhecido? Não caiamos no mesmo erro daquela multidão, que queriam servir a Jesus, não por aquilo que Ele é, mas por aquilo que Ele podia dá.

A nossa maior necessidade não é do "pão" que perece, (bens materiais, cura física, fama, etc...) mas do verdadeiro alimento: JESUS O PÃO DA VIDA.

Por tanto olhemos para dentro de nós e vejamos o que nos move de fato a servir a Deus, porque Ele certamente já conhece as nossas intenções.



No amor do Pai,

Marcos Paulo Correia. (Líder e guitarrista do GD)

0 comentários:

Postar um comentário

Acesse!

Acesse!
ACESSE!

NOSSA IGREJA

NOSSA IGREJA
ACESSE!

Visitas online

Lorem ipsum

  ©Template by Dicas Blogger.